VANGUARDA NOTÍCIAS

Ex-gerentes da Petrobrás foram condenados hoje pelo juiz Sérgio Moro

Por Sergio Santos | 05/02/2018 18:55

Dois ex-gerentes da Petrobrás foram condenados nesta segunda-feira pelo juiz federal Sérgio Moro. Eles são acusados de desvios de cento e cinquenta milhões de reais. Márcio de Almeida e Edison Krummenauer, teriam recebido 16 e 14 milhões de reais, respectivamente, em propinas de empreiteiras, intermediadas por duas empresas. Márcio foi condenado há dez anos de prisão. Já Edison Krummenauer, que firmou acordo de delação premiada, teve condenação de nove anos e quatro meses de prisão. A pena será cumprida seis meses em regime fechado na carceragem da PF em Curitiba e seis meses em prisão domiciliar com tornozeleira eletrônica, até progredir ao regime de semi-aberto com recolhimento noturno por um ano.