VANGUARDA NOTÍCIAS

Atlético tem desembarque tranquilo e com segurança reforçada

Por Sergio Santos | 05/10/2017 21:24

Após mais um vexame na temporada, com a perda do título da Primeira Liga para o Lodrina, existia o receio de protesto dos torcedores no desembarque do Atlético no aeroporto de Confins, na tarde desta quinta-feira. A segurança foi reforçada, mais de 10 policiais militares mobilizados, mas a chegada foi tranquila. Apenas curiosos, que perceberam a grande presença da imprensa, acompanharam a chegada do elenco.

Os jogadores, como sempre tem acontecido em momentos pós-derrota, saíram em silêncio e negaram até autógrafos e fotos para os atleticanos que passavam pelo local. Apenas Gabriel e Clayton pararam para conversar com os jornalistas. O zagueiro ressaltou a boa partida contra o Furacão e lamentou a perda do título.

"Não podemos nos esquecer que fizemos um grande jogo contra o Atlético-PR (pelo Brasileiro). Infelizmente, não conseguimos fazer o gol, a equipe do Londrina foi mais eficiente nos pênaltis e não conseguimos o título", declara Gabriel.

Clayton também lamentou o resultado, lembrou da luta do time e afirmou que o Galo vai buscar a vaga na Libertadores. "É muito complicado, porque a gente foi para buscar o título, tentamos ganhar no tempo normal e não conseguimos. O jogo foi para os pênaltis e aí é muito individual né?! Acho que é mais execução e tranquilidade no momento das cobranças. O Atlético vem de cinco anos seguidos disputando a Libertadores e nós vamos buscar essa vaga neste ano de novo. Vamos lutar por isso", conclui o atacante.


Fonte: O Tempo